top of page

EPISÓDIO NR 30 - O JOVEM GENERAL – adesão de pilotos

Atualizado: 3 de dez. de 2023


Algumas famílias de oficiais e graduados começaram a chegar em Santa Maria. Mas, a maioria das famílias estão nas cidades de origem dos quartéis ou se deslocaram para locais onde residem parentes. Cada Vila Militar continua com um contingente de segurança e seguem a rotina normal. Em Santa Maria, o Interventor general Cleber continua a tomar providências relacionadas ao bom funcionamento da cidade e procura manter tudo dentro da rotina normal. As únicas exceções são a Lei Marcial, o controle de saída e entrada na cidade e a circulação proibida entre 22 horas e 05 horas da manhã. Uma equipe de professores do Colégio Militar de Santa Maria, no Passo D´areia, já está finalizando a confecção da prova para o concurso municipal que irá preencher as vagas de funcionários. Emergencialmente, foram contratados novos funcionários para vagas de “gari” e pessoal de manutenção de logradouros e calçadas. Fora, ações de alguns vereadores de Esquerda, que tentam desacreditar a atual administração, principalmente apontando erros e fazendo alarde nas ruas, nada obstrui a administração municipal. Até o momento não houve confrontos. O CHEM entra no gabinete do General: “General, dois helicópteros de combate H-60 L “Black Hawk” e dois aviões de caça, um “A1” e um F-39 “Gripen” foram trazidos pela sua tripulação e chegaram hoje no aeroporto de Santa Maria. Os pilotos e os mecânicos de voo aderiram à nossa causa. Também, uma parte do pessoal da administração e da manutenção de aeronaves da Base Aérea não quiseram se mudar para a Base Aérea de Canoas e aderiram também”. O General transparece calma: “Que bom! Estava preocupado em não ter o apoio aéreo. Apesar de estarmos protegidos pelo relevo da região de Santa Maria, ficar sem apoio aéreo, mesmo parcial, nos deixaria enfraquecidos. Por favor, meu amigo. Providencie as boas-vindas a eles. Vá pessoalmente e agradeça em meu nome. Também, me avise quando chegarem as carretas com munição trazidas das nossas Unidades e que ficaram nos paióis”. O CHEM presta continência e antes que saia o General fala: “A Denise e outras mulheres de oficiais, inclusive a sua, chegam hoje. Se possível, providencie para que todas sejam bem recepcionadas no Hotel de Trânsito”. O CHEM dá um sorriso e sai. Em Farroupilha, o Comandante Militar do Sul, mais o seu Estado-Maior, se reúnem com o Comandante do Exército, que veio de Porto Seguro, tão furioso quanto o presidente. Também, foi convidado o general da Divisão de Santa Maria. Os dez minutos iniciais da reunião foram exclusivamente para uma “bronca” geral em todos os oficiais ali presentes, com ênfase ao Comandante Militar do Sul, chamado de “omisso” na frente de todos. Em seguida, aponta para o general da Divisão de Santa Maria: “Você, seu mais incompetente de todos, está preso desde já por trinta dias! Fique aí, porque me parece que é o único que tem informações seguras do que aconteceu. Acho”. Depois de duas horas de reunião foi decidido a invasão de Santa Maria por tropas do Exército e da Aeronáutica, em 48 horas.

Elias Do Brasil

9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page